Lira reafirma sua cumplicidade com Bolsonaro e diz que não acatará superpedido de impeachment

Arthur Lira e Jair Bolsonaro (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse ao jornal Valor Econômico que não acatará o superpedido de impeachment contra Jair Bolsonaro protocolado nesta quarta-feira (30) pelos mais variados partidos políticos, entidades populares e políticos.

“Sem novidade nenhuma”, disse Lira sobre a nova petição, que unifica mais de 100 pedidos já protocolados contra Bolsonaro. “É o mais amplo, tanto pela enumeração de crimes praticados pelo presidente da República – dos mais antigos aos mais recentes – quanto pelo rol de signatários, das mais diversas posições políticas”, afirmou o líder da Oposição na Câmara, Alessandro Molon (PSB-RJ), sobre o superpedido.

Personalidades da política, como o ex-presidente Lula, além de anônimos, cobram Lira pela abertura do processo. “Espero que as manifestações de rua convençam o presidente da Câmara a colocar em votação”, disse o petista.

Com a postura, o presidente da Câmara se alia ainda mais ao governo federal, tornando-se talvez o cúmplice mais importante do genocídio brasileiro.

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui