Polo Industrial de Camaçari atualiza guia de emissões

Um grupo formado por membros do Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic), do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) e das empresas instaladas no Polo finalizou a atualização do Guia de Emissões Atmosféricas e Emissões Fugitivas do complexo industrial do Polo Industrial de Camaçari. O Guia tem a finalidade de padronizar e orientar as emissões das empresas instaladas no PIC. A atualização se fez necessária uma vez que o documento elaborado em 2018, teria que ser atualizado dentro de um prazo de dois anos, de acordo com a portaria de renovação da Licença Operacional do Polo.

De acordo com Eduardo Fontoura, Gerente da área de Gerenciamento Ambiental da Cetrel, um dos integrantes desse grupo de trabalho, o que motivou a nova análise foi a atualização nas metodologias e fatores de emissão. “Esse Guia é de aplicação obrigatória por todas as empresas instaladas no PIC, e é uma grande contribuição para o Polo, pois facilita bastante a atividade das empresas já que estabelece e padroniza a forma de geração dos inventários das mesmas”, explicou. A Cetrel é a empresa responsável pelo monitoramento ambiental do PIC e enxerga a renovação como sendo de extrema relevância, já que é fundamental estar com os cálculos baseados nas metodologias e fatores atualizados.

“Esse guia se converte ao Sistema de Inventário de Emissões Atmosféricas SIEA – que é um Software responsável por processar todos os dados informados pelas empresas e baseados nas premissas definidas que geram os respectivos inventários. O Polo mais uma vez demonstra sua característica de vanguarda, o seu compromisso de estar à frente nas questões ambientais e com a sustentabilidade”, ressalta. Além da Cetrel, do Cofic e do Inema, participaram desse trabalho representantes das empresas: Braskem, Unigel, Paranapanema, Deten e Bracell.

Divulgação