Recado aos EUA: daremos ‘resposta esmagadora’ se formos atacados, alerta líder do Irã

© AP Photo / Ebrahim Noroozi, File

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, afirmou que a República Islâmica não busca a guerra com os EUA, mas dará “uma resposta esmagadora” se for atacada.

“O Irã nunca iniciará uma guerra, mas dará uma resposta esmagadora a qualquer invasão”, garantiu o líder iraniano.

Rouhani fez o comentário na noite desta quarta-feira, enquanto o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, estava ao lado dele em uma entrevista coletiva em Teerã.

Rouhani também revelou que o Japão queria continuar a comprar petróleo iraniano, embora Tóquio tenha suspendido as sanções americanas.

“O Irã continuará comprometido com o acordo, que é importante para a segurança da região e do mundo. Teerã e Tóquio se opõem às armas nucleares”, destacou.

Rouhani acrescentou: “Sempre que a guerra econômica parar, veremos um desenvolvimento muito positivo na região e no mundo”.

O líder japonês está em Teerã em uma missão para acalmar as tensões entre os EUA e o Irã. Abe é o primeiro líder do Japão a visitar o Irã desde a Revolução Islâmica de 1979.

A administração do presidente estadunidense Donald Trump re-impôs pesadas sanções ao Irã depois de decidir se retirar do marco do acordo nuclear de 2015, um ano atrás. Os EUA implantaram recentemente um porta-aviões e bombardeiros B-52 no golfo Pérsico, o que aumentou o temor por uma guerra.