Zé Neto: solução para interromper o continuísmo político em Feira

Carlos Lima

O partido Progressista, anteriormente conhecido como PP, comandado pelo vice-governador, João Leão, poderá se coligar com o PT em Feira de Santana e indicar o candidato a Vice-prefeito, Zé Neto, nome já definido pelo partido como postulante ao Paço Municipal.

Não resta dúvida de que nesse cenário entrelaçado de candidatos e interesses pessoais, nas eleições municipais desse ano, o nome indicado pelo Progressista, trás uma forte dose de credibilidade e reconhecimento da área empresarial.

O empresário Roque Eudes Souza dos Santos, identificado na área como Roque do Atacadão São Roque, atual presidente da Associação de Distribuidores da Bahia é um importante elo entre Zé Neto e os segmentos produtivos da cidade.

Na verdade, o deputado federal Zé Neto vem demonstrando uma profunda visão dos problemas que o feirense enfrenta pela saturação e concentração de uma administração com mais de vinte anos no poder, e que perdeu o sentido de renovação dentro do real processo natural de desenvolvimento que nada de novo tem a apresentar.

O deputado federal Zé Neto sempre enfrentou uma oposição que primava pela desconstrução de sua imagem e menosprezava sua capacidade política.

Portanto chegou a hora de colocar na administração do município um filho legítimo.

A oportunidade a ser dada, deve ser uma questão de honra assumida pelos feirenses.

Vamos saber o que esse filho pode fazer pelo seu município que também é a casa dos seus pais e da família que construiu.

Carlos Lima