Famílias agricultoras de mais quatro municípios baianos passam a acessar recursos do Garantia-Safra

Foto: Divulgação

Famílias agricultoras dos municípios baianos de Belo Campo, Cordeiros, Candiba e Feira da Mata, que aderiram ao Programa Garantia-Safra, na safra 2019/2020, passaram a acessar o benefício do seguro. O montante de recursos autorizados para o pagamento de 1.758 agricultores e agricultoras familiares é de R$1,5 milhão.

O Garantia -Safra vem garantindo as condições mínimas de sobrevivência às famílias agricultoras de municípios sujeitos à perda de safra por razão do fenômeno da estiagem ou excesso hídrico. O pagamento de benefícios da safra 2019/2020, na Bahia, já somam R$132,6 milhões, que circularão nas economias municipais, beneficiando mais de 156 mil famílias, em 144 municípios da Região 1, Safra Verão.

Na Bahia, o Garantia-Safra é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), com o apoio operacional da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater). O benefício é composto por contribuições dos agricultores familiares, Estados, Municípios e União. O Estado da Bahia assumiu o pagamento de 50% do valor devido aos agricultores familiares e às prefeituras municipais.

As indenizações desta safra poderão seguir beneficiando os municípios de Baianópolis, Boa Nova, Caculé, Cocos, Correntina, Ibiassucê, Pindaí e São Desidério, podendo entrar em folha, a depender dos resultados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Os pedidos de reanálise dos laudos desses municípios foram encaminhados pela SDR, por meio de uma ação conjunta da Suaf, Bahiater e municípios.

“Seguimos defendendo outra reanálise para os oito municípios restantes, na perspectiva de garantia de direitos e renda às famílias aderidas, além de garantir circular nas economias destes municípios, em média R$1,3 milhão. Em municípios com até 3.000 adesões chegam a circular até R$ 2,5 milhões. Benefício real para as economias locais e para o estado da Bahia, com geração de renda, trabalho e arrecadação de impostos”, destacou o diretor de Apoio e Fomento à Produção da Suaf/SDR, Welliton Rezende Hassegawa.

Em 2020, o Garantia-Safra 2018/2019 (Safra Verão e Safra Inverno), injetou na economia do Estado o valor total de R$ 215. 640.750,00, sendo R$ 15,3 milhões pagos no primeiro semestre e R$ 61,4 milhões no segundo semestre. Os recursos, pagos em uma única parcela, movimentaram a economia de 225 municípios.

 

Sobre o programa

O programa Garantia-Safra garante a segurança alimentar para agricultores familiares de municípios que sofrem por estiagem ou enchente. Podem receber o benefício os agricultores com renda mensal de até um salário mínimo e meio, quando tiverem perdas de produção, nas culturas do milho, feijão, arroz, algodão e mandioca, em seus municípios, igual ou superior a 50%. O Garantia-Safra prevê o repasse de R$ 850, divididos em cinco parcelas de R$ 170,00. Na Bahia, o Estado assumiu o pagamento de 50% do valor devido aos agricultores e às prefeituras municipais.

O Garantia-Safra é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), coordenado nacionalmente pelo Comitê Gestor do Garantia-Safra, do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Assessoria de Comunicação SDR/CAR 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui