Labcenas promove valorização e intercâmbio entre profissionais da área técnica das artes cênicas

Foto: Divulgação

O Labcenas (Laboratório de Tecnologias para a Cena) propõe um circuito de formação, debate, pesquisa e difusão de conhecimentos que envolve áreas técnicas das artes cênicas. Em sua primeira edição, o projeto promoverá uma série de atividades gratuitas on-line durante o mês de março, como mesas de diálogos, oficinas e o lançamento de uma revista digital.

O projeto surge da necessidade de pautar a importância das áreas técnico-criativas e de seus trabalhadores para a produção artística, além de suscitar o fomento ao campo das tecnologias aplicadas às artes. “Em consonância com outras iniciativas nacionais, o Labcenas atende a uma deficiência histórica no acesso à informação, capacitação e produção de conteúdos para as áreas técnicas do fazer artístico, no estado da Bahia”, comenta Moisés Victório, um dos diretores do projeto.

Todas as segundas de março, às 19h, ocorrerá o Labfórum, espaço para discussão de assuntos do universo da técnica nas artes, on-line no YouTube. Ao envolver uma rede de mais de 30 profissionais atuantes no campo técnico na Bahia e em outros estados, cada encontro tratará de temas como virtualização dos espaços culturais, a centralização do mercado teatral em Salvador, questionamento sobre os espaços ocupados pelos profissionais negros na cena teatral baiana, a importância da escuta e diálogo no processo criativo da iluminação cênica e o mercado da cenografia.

Ao produzir espaços para intercâmbios, reciclagens e aprimoramentos entre profissionais iniciantes e experientes, serão ministradas, ao longo de março, seis oficinas, que visam buscar a capacitação e aprimoramento dos profissionais técnicos nos campos da sonorização, iluminação, maquiagem, autogestão e coordenação técnica.

O projeto lança ainda a primeira edição da Revista Labcenas, publicação digital que nasce do desejo de reparar e amplificar na discussão sobre as artes cênicas as vozes e conhecimentos dos profissionais das áreas técnicas que ganharam, ao longo da história, sub-representação em publicações do campo de domínio das artes. O Labcenas convida a comunidade de profissionais das áreas técnicas e linguagens afins a submeterem contribuições em diferentes formatos de texto, imagem e vídeo em torno do tema “Construções de avessos – Reflexões e maquinações sobre a técnica nas artes”.

A convocatória para envio de textos ficará aberta até dia 28 de fevereiro, por meio do site www.bogum.com.br/revista-labcenas. A programação completa do projeto e as inscrições para as oficinas estão disponíveis no site www.bogum.com.br/labcenas.

Uma realização da Bogum Ambiente Criativo e da Multi Planejamento Cultural, o Labcenas tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

 

PROGRAMAÇÃO

Informações e inscriçõeswww.bogum.com.br/labcenas

 

OFICINAS

 

Iluminação – Programação Básica para a Estrada

Dias: 1º/3 a 31/3

Carga horária: 24h

(Oficina no modelo de autoaprendizagem, com tutoria em grupo de WhatsApp) Com Fábio Faziolli (Xuxa) – CE

 

Luz, câmera, ação! – Maquiagem e o audiovisual

Dias: 1º, 2 e 3/3, 9h às 12h (segunda e terça-feira), das 10h às 12h (quarta-feira)

Carga horária: 8h

Com Nayara Homem

 

Áudio na cena: Por onde começar?

Dias: 4 e 5/3, 8 e 9/3, das 10h às 12h

Carga horária: 8h

Com Caetano Bezerra – BA

 

Iluminação – Plano de luz e roteiro

Dias: 8, 9 e 10/3, das 8h às 10h

Carga horária: 6h

Com Fernanda Mascarenhas – BA

 

Coordenação Técnica – Agente mediador

Dias: 12 e 13/3, das 9h às 13h

Carga horária: 8h

Com Moisés Victório – BA

 

Autogestão – Estratégias para o mercado profissional

Dias: 15, 16 e 17/3, das 9h às 12h

Carga horária: 9h

Com Ana Paula Vasconcelos – BA

 

LABFÓRUM

Segundas-feiras de março, às 19h

No canal no YouTube da Bogum Ambiente Criativo

http://bit.ly/labforum

 

Teatro na Tela – A virtualização dos Espaços Culturais

Dia: 1º/3, às 19h

Mediador – Gordo Neto (Casa Preta) – Salvador – BA

Hendye Gracielle (Cazazul) – Vitória da Conquista – BA

Romualdo Lisboa (Tenda Teatro Popular de Ilhéus) – Ilhéus – BA

Maurício Assunção (Teatro Gamboa Nova) – Salvador – BA

 

Teatro Baiano – Que Mercado É Esse?

Dia: 8/3, às 19h

Mediador – Caboclo de Cobre

Marcos Fernandes – Porto Seguro – BA

Nando Dias – Caetité – BA

Rayza Lélis – Vitória da Conquista – BA

 

Repensando o Teatro – Em que cena estamos?

Dia: 15/3, às 19h

Mediador – Moisés Victório

Maria Carla – Salvador – BA

Nando Zâmbia – Alagoinhas – BA

Saraí Reis – Salvador – BA

Fábio Osório – Salvador – BA

 

A importância da escuta e diálogo no processo criativo da iluminação cênica

Dia: 22/3, às 19h

Mediadora – Lu Melo Franco – Ouro Preto – MG

Larissa Lacerda – Salvador – BA

Natasha Leite – Belém – PA

 

Cenografia – Tem mercado na Bahia?

Dia: 29/3, às 19h

Mediador – Fred Alvin

Renata Mota – Salvador – BA

Ana Kalil – Salvador – BA

Agamenon de Abreu – Salvador – BA

Deilton José – Salvador – BA

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui