‘Teerã apoia luta dos palestinos contra regime sionista’, diz chefe da Guarda Revolucionária do Irã

© AP Photo / Vahid Salemi

O mais recente conflito entre Israel e Palestina já deixou pelo menos 218 palestinos mortos, incluindo 63 crianças. Em Israel, 12 pessoas faleceram, incluindo duas crianças.

O Irã apoia a luta dos palestinos contra Israel, afirmou o chefe do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) durante discurso nesta quarta-feira (19).

“Teerã apoia a luta dos palestinos contra o regime sionista […]. Os palestinos emergiram como uma nação equipada com mísseis”, disse Hossein Salami, citado pela agência Reuters.

O Irã tem dado suporte aos militantes do Hamas que governam a Faixa de Gaza e, desde a semana passada, dispararam centenas de foguetes contra Israel, que, por sua vez, retaliou com centenas de ataques contra o território palestino.

População procura por menina presa entre escombros após ataques aéreos israelenses, na Faixa de Gaza, em 16 de maio de 2021
© REUTERS / MOHAMMED SALEM População procura por menina presa entre escombros após ataques aéreos israelenses, na Faixa de Gaza, em 16 de maio de 2021

Neste 11º dia de conflito entre Israel e Palestina, o presidente dos EUA, Joe Biden telefonou para o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e afirmou que espera uma “desaceleração significativa” dos conflitos com a Palestina.

Israel, por sua vez, afirmou nesta quarta-feira (19) que não estava estabelecendo um prazo para o fim das hostilidades com as milícias islâmicas de Gaza.

Até esta quarta-feira (19), pelo menos 218 palestinos, incluindo 63 crianças, faleceram em Gaza e 1.500 pessoas ficaram feridas desde o início do novo conflito. Em Israel, 12 pessoas faleceram, incluindo duas crianças, e cerca de 300 ficaram feridas.

 

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui