“Agenda de Lula na Bahia é sobre vacina, emprego e combate à fome” afirma Éden Valadares

Foto: Reprodução

O presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, afirmou que a agenda de Lula na Bahia, onde o presidente estará em Salvador nos dias 25 e 26 agosto, será realizada seguindo todos os protocolos de segurança sanitários e sem aglomeração devido à pandemia. A visita de Lula, que encerra no estado a caravana no Nordeste, está sendo construída pela equipe do Instituto Lula e as direções nacional e estadual do PT Bahia.

“Agenda de Lula na Bahia é sobre vacina, emprego e combate à fome” afirma Éden Valadares, presidente do PT Bahia, que destaca que “a presença de Lula anima nossa militância e reacende a esperança no coração do povo da gente voltar ter governo de verdade, que gere prosperidade e cuide da nossa gente”. O presidente do PT tem dialogado com os partidos da base aliada, movimentos sociais e com o Governo Rui Costa para definição dos formatos e lista de presença nas agendas.

A visita de Lula ao estado começa no dia 25 de agosto, pela manhã, no auditório da Assembleia Legislativa, onde ele terá encontro com deputados e lideranças dos movimentos sociais sobre o combate à fome e a importância da agricultura familiar para a Bahia e o Brasil. No mesmo dia, no período da tarde, Lula visitará o Cimatec, em Camaçari, e vai dialogar com empresários e dirigentes do Governo sobre a retomada do emprego e o processo de desindustrialização aprofundado pelo Governo Bolsonaro. No dia 26, a convite do governador Rui Costa, Lula vai conhecer a experiência das policlínicas e, à tarde, terá um encontro com os movimentos negros da Bahia.

Éden afirmou ainda que, por conta da pandemia, serão eventos menores. “Ainda não é o momento de Lula reencontrar nossa base, sua base, que tá com tanta saudade dele. Mas ficamos felizes com sua presença e com os temas que ele traz à tona. Não é uma visita eleitoral; a agenda de Lula na Bahia é sobre vacina, emprego e combate à fome; é sobre reunificar e reconstruir nosso país”.

Ascom PT Bahia