Diagnóstico e tratamento apropriado podem evitar 90% dos casos de cegueira por glaucoma

Foto: Reprodução

O Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e a Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG) lançaram neste mês de maio a campanha nacional “24 Horas pelo Glaucoma”. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico e do tratamento precoces.

Doença crônica que provoca a atrofia do nervo óptico, silenciosa e que não tem cura, o glaucoma pode, na maioria das vezes, ser controlada com tratamento adequado. De acordo com The Glaucoma Foundation, no mínimo 90% dos casos de glaucoma não levariam a cegueira se fossem diagnosticados e tratados de forma apropriada. Dados da mesma fundação mostram, entretanto, que menos de 50% das pessoas com glaucoma são diagnosticadas, devido à falta de sintomas e consulta com especialista.

O Dia Nacional de Combate ao Glaucoma é comemorado a cada 26 de maio e a nossa sugestão é usar o gancho da mobilização nacional, para discutir o assunto e conscientizar a população feirense sobre os cuidados com o glaucoma, em entrevista com um oftalmologista.

Perguntas:

O que é o glaucoma?

Quais são as causas da doença?

Qualquer pessoa pode ter glaucoma?

O que é fundamental para o diagnóstico precoce?

Quais são os principais sintomas?

Qual o tratamento ideal?

Em quais circunstâncias a doença causa cegueira?