Feira de Santana recebe franquia experimental de chocolates finos produzidos pela agricultura familiar

Foto: Divulgação

Os chocolates finos da agricultura familiar, produzidos na Bahia Cacau, marca da Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), localizada em Ibicaraí, agora podem ser encontrados na nova loja da cooperativa, no município de Feira de Santana.

O projeto faz parte do planejamento da organização para expandir os negócios por meio do modelo de franquia. Na loja, situada no Shopping Viva Artemia Mall, podem ser encontradas barras de chocolate de 80g e 20g com percentuais de 35%, 50%, 60% e 70% de teor de cacau, bombons de chocolates com frutas e  geleia de cacau, nibs, amêndoas caramelizadas, licores e o tradicional mel de cacau.

Tem ainda a linha “Sua Receita”, especial para chefs de cozinha e confeiteiros, com o chocolate em gotas e em barras de 1 kilo, nas opções de 35%, 50%, 60% e 70% de teor de cacau. A loja dispõe também de produtos diversos de outras cooperativas e associações de diferentes regiões da Bahia, como derivados de umbu, castanha e licuri.

O diretor-presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo do Nascimento, projeta novos investimentos da fábrica para os próximos anos. “Apostamos no potencial de Feira de Santana, a segunda maior cidade da Bahia para instalar a segunda loja de chocolate na Bahia Cacau. Nossa meta para 2021 e abrir mais unidades da Bahia Cacau no estado e no restante no Brasil, com preço em conta para os fraqueados, levando sabor especial aos nossos clientes”, destacou Osana Crisóstomo.

Investimentos

O Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, destinou mais de R$2,5 milhões para a cooperativa, aplicados em assistência técnica e extensão rural (Ater), melhoramento no manejo da planta e a aquisição de equipamentos. Para a base produtiva, foi destinado R$1 milhão, com insumos e capacitações, além de apoiar a definição de estratégias e o levantamento de consultoria de franquias.

O projeto Bahia Produtiva é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

Fonte: Ascom BA