Fim de semana de profunda reflexão!

Foto: Reprodução TripAdvisor

Ao fechar nosso estabelecimento às 17 horas numa sexta-feira, olhando para as ruas do Pelô verdadeiramente desertas, senti uma tristeza avassaladora. Uma Triste lembrança dessa época no ano passado, mas no mesmo instante, senti que nesse momento a comunidade está mais amadurecida, pois a tal da covid-19, que de repente se transformou numa pandemia, era algo avassalador, com muitas falácias, poucos conhecimentos e às vezes até pouco caso. Um ano trabalhando com o desconhecido e surgem, segundo a ciência em tempo recorde, várias vacinas, que insisto em dizer: Nenhuma delas é milagrosa! Cabe a cada cidadão se precaver. Precisamos lembrar que a AIDS tá aí, há mais de 30 anos e não se descobriu uma vacina para uma doença que matou e continua matando muita gente… Minhas amigas, meus amigos, vamos continuar nos cuidando, nos protegendo de todas as formas possíveis. Vamos colocar em prática nossa fé e pedir a Deus, todos os santos e todas as forças da natureza, que nos livrem dessa terrível doença! Mais uma vez, quero me solidarizar com as famílias dos mais de 250 mil brasileiros mortos, incluo aí meu amigo Antônio Capeba, que com todos os cuidados, contraiu a doença e nos deixou… Que Deus ilumine seu espírito!

Clarindo Silva
Jornalista, escritor, poeta, empreendedor.